CENTRO DA NIGÉRIA


Abuja, em 1976, foi selecionada pelo Governo Federal para se tornar a nova Sede do governo; e em 1992, foi iniciada a primeira das quatro fases desse movimento para Abuja com a maioria dos alto funcionários do governo já instalada em Abuja. Além de ser a sede administrativa do governo, Abuja é uma cidade bonita cercada por colinas redondas, com amplo potencial para alpinismo. As Colinas de Gwagwa, perto da cidade de Suleja, as Colinas de Chukuku, as Colinas de Agwai e a famosa Rocha de Zuma são algumas das manifestações inspiradoras da beleza natural existente na região.

Bida é uma cidade viva, famosa pelos seus artesanato e mercado colorido, e é a cidade principal do povo Nupe. Bida é famosa pela produção de contas de vidro, panos, prata e metais, por seus tamboretes esculpidos de 8 pés feitos de um único pedaço de madeira, e pela cerâmica decorativa. O mercado de Bida se destaca como um verdadeiro mostruário tradicional do comércio local na Nigéria.

A Foz de Gurara localizada no Rio Gurara no Estado de Niger, no caminho entre as cidades de Suleja e Minna. Particularmente impressionante durante a estação chuvosa, a foz corre 200 metros com queda da altura de 30 metros que criam um efeito de arco-íris deslumbrando ao passo que a água cai em cascata do topo para uma nuvem de gotas em declive.

Ilorin, uma cidade antiga, é o ponto mais extremo da expansão do povo Fulani e possui as características das regiões norte e sul. É muitas vezes descrita como o portal entre os dois pólos devido à sua localização estratégica e pelo motivo de que ela oferece uma boa base para visitação às regiões ao redor. Os pontos turísticos em Ilorin incluem a Mesquita e a residência de Mimi construídas em 1831, a primeira mesquita de Ilorin, e a nova e magnífica Mesquita Central, construída durante o reino de Zulu-Gambari, o finado Emir (Rei) de Ilorin. Ambos monumentos atestam à cultural islâmica da cidade. Outro ponto de atração é o ateliê de cerâmica Dada no bairro de Okelele, a maior usina de cerâmica na Nigéria. Os demais pontos turísticos no Estado de Kwara incluem o Museu Esie de esculturas de pedras. São mais de 1.000 figuras de homens e mulheres sentados em cima de bancos ou ajoelhados enfeitados com estilos elaborados de penteados e marcas faciais e feitas de pedras de sabão. Pouco se sabe das figuras, pois são produtos de civilização muito antiga. O Museu Esie hospeda a maior coleção de figuras feitas de pedras de sabão na região sub-saára da África.

A Foz de Own, no Estado de Kwara é a mais alta e mais espetacular queda de água natural na África Ocidental, é mais linda durante a estação de chuva. O salto de água cai em cascata de uma altura de 330 pés descendo o declive com pontas rochosas para uma piscina de água gelada.

Lokoja é uma cidade histórica e colonial. Devido à sua localização no confluente de dois grandes rios, o Níger e o Benue, ela se tornou a sede da empresa Britânica Royal Niger Company no século XIX. O prédio da sede, ainda erguido no local, era premoldado em Londres e transportado de navio até a Nigéria, onde foi montado sem usar nenhum prego. Também se encontra em Lokoja o Ferro da Liberdade, no quintal da primeira escola primária da região norte da Nigéria. Nesse lugar, muitos escravos foram libertados após a abolição da escravidão.

A cidade de Makurdi se localiza na margem do Rio Benue, um dos dois grandes rios na Nigéria. Para os turistas visitando a região, existe um jardim zoológico em Makurdi, como também as Colinas Goven, Ushango e Bassa e ele podem pescar e andar de barco no Rio Benue. Na cidade de Igbor, existe o Parque de Animais Selvagens de Ikure.

Okene é o lar do povo Igbira, um povo empreendedor famoso pelo domínio da agricultura e da tecelagem de seus lindos panos. A imagem pitoresca de Okene, abrigada no topo das montanhas, é um ponto fascinante para visita. A arte de tecelagem é ainda rentável nesse local e os panos continuam sendo bem valorizados em toda a Nigéria. Para os turistas que vão visitar a região, Okene possui um mercado muito frequentado, é aberto todos os dias e uma seção é dedicada à tecelagem de panos.

Koton-Karifi é localizada ao oeste de Okene e a cerca de 35 km ao norte do confluente dos rios Níger e Benue. Para aqueles que gostam de pescar, Koton-Karifi é um paraíso, pois os múltiplos tributários do Rio Níger são repletos de peixes.

j