A NIGÉRIA EM RESUMO

ECONOMIA

Economia & Recursos: A Nigéria é o maior mercado na África ao sul do Saara.
Tem uma força de trabalho razoavelmente qualificada. Nigéria está interconectada por uma rede de estradas, ferrovias, vias fluviais interiores, serviços de transporte marítimo e aéreo.

Tipo De Economia: Economia mista que acomoda pessoas físicas e jurídicas e agências de governo.

OBJETIVOS ECONÔMICOS:
• Juntar os recursos da nação e promover a prosperidade nacional e uma economia eficiente, dinâmica, e auto-suficiente;
• Assegurar o bem-estar máximo e a liberdade baseada em justiça social & igualdade e felicidade de todos os cidadãos;
• Zelar pelo direito de todos os cidadãos em poder participar de atividades econômicas; promover um desenvolvimento econômico planejado e equilibrado.

OBJETIVO DA POLÍTICA DO GOVERNO:

• Unidade Nacional & Integração
• Soberania é de todos os Nigerianos

LEMA:
Unidade & Fé; Paz & Progresso.
Medidas de Reforma: O Governo, nos últimos anos, introduziu corajosas medidas econômicas, que ajudaram reduzir a inflação, o fardo da dívida externa; estabilizar as taxas de câmbio e desequilíbrio da balança de pagamento.
Em maio de 1999, a Nigéria começou a implementar algumas reformas orientadas pelo mercado, inclusive a modernização e recapitalização do sistema bancário, o devido processo das licitações / liberação das verbas públicas, a cruzada contra a corrupção, a responsabilidade fiscal e a privatização das empresas públicas.

PRINCIPAIS EMPRESAS / ORGANISAÇÕES PÚBLICAS:

• Empresa Nacional de Petróleo (NNPC);
• Autoridade Portuária da Nigéria (NPA);
• Empresa Power Holding (PHC)) Nig Ltda;
• Conselho de Promoção Industrial da Nigéria;
• Serviço da Aduana da Nigéria (NCS)
• Serviço de Imigração da Nigéria (NIS)

PRINCIPAIS AGÊNCIAS STATUTÁRIAS/EXTRA-MINISTERIAIS

• Escritório de Gerenciamento de Dívidas (DMO)
• Secretaria das Empresas Públicas (BPE)
• Comissão Independente para a Investigação de Práticas Corruptas;
• Comissão responsável pela Investigação de Crimes Econômicos e Financeiros (EFCC);

PRINCIPAIS PROGRAMAS ECONÔMICOS NACIONAIS

•?Programa Nacional de Alívio à Pobreza (NAPEP);
• Estratégia de Desenvolvimento de Apoderamento Econômico (NEEDS);
Produto Doméstico Bruto (GDP):

Taxa de Crescimento:

Perdão da Dívida / Concessão:
Em novembro de 2005, O Paris Clube de Credores aprovou US$18 bilhões em Transação de Perdão de Dívida que previu que até março de 2006 deveria eliminar $30 bilhões do valor total da dívida externa da Nigéria dos US$36 bilhões. A transação requeria, em primeiro lugar, que a Nigéria pagasse cerca de US$12 bilhões do valor em atraso a credores bilaterais. Daí a Nigéria poderia recomprar as suas dívidas remanescentes com desconto. Por conseguinte, a Nigéria assinou vários Acordos Bilaterais de reorganização das dívidas com certos países inclusive o Acordo de Reorganização de Dívida devida ao Brasil pela Nigéria em dezembro de 2005.

Agricultura:
O maior Contribuinte para o Produto Doméstico Bruto (GDP) da Nigéria. Mais de 40%.

Hectares de solo cultivado:
Aproximadamente 32.3 milhões de hectares, dedicados à agricultura, (Mais que um terço da superfície total da Nigéria). A Nigéria também se envolve em produção agropecuária.
Número de trabalhadores no setor agrícola: Aproximadamente 70% da força trabalhista nacional.
Principais Produtos Agrícolas: Inhame, mandioca (tapioca / mandioca), milho, sorgo, painço, arroz e feijão.
Principais Produtos Agrícolas Exportáveis: Dendê, cacau, algodão, banana, amendoim, borracha, frutas, legumes, etc.
Maior Gerador de Divisas: Petróleo.
A Contribuição total de Petróleo e Gás na geração de Renda Nacional Bruta: 85%

Recursos Naturais:


Minerais:
Petróleo, pedra calcária, latão, colimita, caulim, ouro, prata, carvão,
chumbo, zinco, gesso, argila, mármore, grafita, e minério de ferro (segundo maior exportador na África depois da Líbia). A Nigéria agora exporta gás em quantidade comercial.

Petróleo & Gás:
A Nigéria é o sexto maior produtor de petróleo no mundo. O setor de petróleo é regulado pela Empresa Nacional de Petróleo da Nigéria (NNPC) que é responsável pela exploração de petróleo em sociedade com empresas estrangeiras.

Não-minerais:
A Nigéria é um dos maiores produtores no mundo de madeira tropical. Os demais produtos não-minerais incluem, borracha, cacau, caju, noz do dendezeiro, cítrico, abacaxi, azeite de dendê, amendoim, algodão, madeira, peles animais, e demais materiais de construção; alimentos, calçado, substâncias químicas, fertilizante, impressos, cerâmica e aço.

Produtos industriais:
Cerveja e bebidas, móveis, cosméticos, produtos farmacêuticos, tecidos, cimento, etc.
Principais Empresas Estrangeiras atuando na produção de petróleo: Shell, Mobil, Chevron, Agip, Elf e Texaco.

Exploração de Petróleo:
A maioria da exploração de petróleo é realizada on-shore. Aproximadamente 30% das Atividades de exploração são realizadas offshore. Empresa Brasileira de Petróleo (Petrobras) também está atuando na Nigéria nos campos petrolíferos da Nigéria. Na classificação do petróleo produzido na Nigéria, aproximadamente 65% são tipo light (leve) o que iguala ao Brent Britânico. O setor de petróleo detém o maior investimento em todos os setores da economia da Nigéria.

Número de Refinarias de Petróleo:
4 - duas em Port Harcourt e uma de cada em Warri e Kaduna.

Gás Natural Liquefeito (LNG):
Fase I, concluído em outubro de 1999. Agora a Nigéria exporta gás natural liquefeito para os mercados no exterior.

Estimativa da Reserva de Gás:
A reserva de gás da Nigéria é maior que o petróleo; O Gás da Nigéria é usado na cozinha, em atividades industriais e na geração de energia, e está aberto a investimento estrangeiro. A Empresa Nacional de Fertilizante (NAFCON) usa gás como a sua matéria-prima básica.

Indústria Petroquímica:
Ainda está na infância e requer investimento estrangeiro intensivo.

Parceiros Exportadores:
EUA 47,4%, Brasil 10,7%, Espanha 7,1% (2004),

Parceiros Importadores:
China 9,4%, EUA 8,4%, Reino Unido 7,8%, Países Baixos 5,9%, França, 5,4%, Alemanha 4,8%, Itália 4% (2004).